Translate

domingo, 17 de abril de 2016

Muito Além... da Caçada as Criaturas das Trevas [Hellsing - Kohta Hirano - JBC]

Hellsing, mangá de Kohta Hirano chega ao fim em mais uma republicação feita pela JBC. Depois de 10 meses acompanhando a Saga do Lord das Trevas na Ordem Real dos Cavaleiros Protestantes, veja o meu p.o.v sobre a obra aqui, no Muito Além das Aspas



Desde o inicio do segundo semestre de 2015, se passaram 10 meses e enfim chega ao fim a caçada pelas ultimas edições de Hellsing. Antes de conversarmos sobre a experincia que tive com relação a essa saga, vamos conhecer um pouco sobre obra!

O Autor

Kouta Hirano nasceu em Tóquio, Japão, em 14 de julho de 1973 e começou sua carreira como assistente de magaká. Ele chegou a produzir algumas obras próprias, como Angel Dust, Coyote, Gun Mania e Hi-Tension, que tiveram relativo sucesso, mas nada comparado com o estouro de sua obra-prima Hellsing.



O Mangá








Lançado em 1997, Hellsing foi publicado na revista Young King Ours, da editora Shonen Gahosha. O mangá foi finalizado em 2009, com um total de 10 volumes encadernados. Hellsing também tem um anime de 13 episódios, feito pelo estúdio Gonzo, e que foi exibido entre os anos de 2001 e 2002. O anime também passou nas telas brasileiras, sendo transmitido pelo finado canal Animax.

Autor: Kohta Irano
Status: em publicação(em Abril/2016)
Qtde de volumes: 10
Formato: 13,5 x 20,5 cm
cerca de 200 páginas
Preço: R$ 16,50
Periodicidade: Mensal
Distribuição: Nacional
Classificação etária: 18 anos


Sinopse: Em uma narrativa carregada de suspense, ação e terror, o mangá acompanha as atividades da Organização Hellsing, responsável por livrar a Inglaterra dos males que espreitam na noite. Alucard é a principal arma da Hellsing contra estes seres, e sua história se cruza com a da novata Cellas Victoria e a da chefe da organização, Integra Wingates Hellsing.


E pra mim, como foi ler "Hellsing"?

Faziam mais ou menos dois meses que estava nesse novo vicio, o mangá, daí quando fui ver se havia saído a ultima edição de "Ataque dos Titãs" nas bancas, eis que essa capa me seduz. Sim, eu comprei o primeiro volume pela capa. E em segundo, comprei por se tratar de um mangá de vampiros e organizações secretas, resolvi dar uma chance.


Sobre as características físicas de cada volume de Hellsing, 


Com relação ao enredo, se passa mais ou menos na Londres atual(no caso do lançamento, por volta dos anos 90, VERIFICAR), onde tudo começa após Integra Hellsing herdar a organização de seu pai, Hellsing - A Ordem Real dos Cavaleiros Protestante - que tinha como objetivo proteger a Grã Bretanha dos perigos dos seres das trevas. Seu pai lhe confidenciou um segredo que a protegeria de qualquer mal, mas que só deveria ser utilizado em caso de extrema urgência: O Vampiro Alucard.

E os capítulos vão nos apresentando algumas missões dessa organização e, ao mesmo tempo, vai preparando o cenário para uma grande batalha que está por vir. Personagens como Seras, uma policial que acaba por ser transformada em Vampira, vem a se tornar aprendiz de Alucard; Walter, o fiel mordomo de Integra; Padre Anderson, a arma secreta do Vaticano para tentar eliminar a Hellsing e os seres das trevas; e um antagonista, Major Montana Max, que de tão insano chega a ser carismático, entre outros compõe uma trama bem elaborada e contagiante.

Confesso que nos Volumes 3 e 4 pensei em desistir, pois como disse anteriormente, a preparação para a grande batalha é um pouco lenta, as vezes com lutas previsíveis e de falas bem clichê. Mas como estava com os volumes 5 e 6 já comprados, acabei me forçando a continuar a leitura. 

Tive dificuldades no começo em diferenciar os personagens, pois o próprio mangaká brinca com a sua falta de habilidade. Quem comprar o mangá, ou for ler online, vai perceber que alguns personagens são muito parecidos. Porém, mesmo com o rostos iguais, você começa a diferenciar cada um pela forma como se expressam com o passar da história.

Ao final de cada volume, há umas tirinhas de comédias feitas pelo mangaká sobre o episódio em questão, ou o que aconteceu durante o lançamento do volume na época. Tem umas meio sem graça, mas no geral é bem divertido e tira um pouco daquela tensão de fim de mangá que as vezes fica: a ansiedade de querer ter os próximos volumes.

Sem spoilers, Hellsing é um mangá que merece ser lido pelo menos uma vez na sua vida. Suas conspirações e a forma como o mangaká aborda o lado obscuro do seu personagem principal e do antagonista, construindo o combate em cima de resquícios do Nazismo são a cereja do bolo.  


Fontes: http://mangasjbc.com.br/hellsing-esp-o-autor/
http://mangasjbc.com.br/titulos/hellsing-esp/#sthash.0pdaAT4w.dpuf
Imagens: Obtidas através de pesquisa na internet, todos os direitos reservados aos seus respectivos autores.

2 comentários:

  1. Fico triste quando isso acontece, mangarés com histórias toscas como Naruto tem trocentas sagas e temporadas e faz um sucesso extraordinário porque as histórias são toscas, infantilizadas e estilisticamente pobres; já histórias bem-escritas com personagens inteligentes, como Death Note e Hellsing são canceladas cedo, com apenas umas pocas dezenas de edições. Triste, muito triste.

    http://www.rascunhocomcafe.com/2016/05/polemica-os-nativos-digitais-e-as-novas.html

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito do blog, já tem nova seguidora! beijosss

    literalizza.blogspot.com

    ResponderExcluir