Postagem em destaque

Muito Além... de Um Conto [Neblina da Noite - Luís Fernando Pinheiro]

O que parecia ser uma simples noite de trabalho, torna-se um pesadelo para um maquinista, que após partir com destino a última estação, e...

Translate

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Muito Além... Dos Universos em Sua Mente [Encruzilhada - Lúcio Manfredi/ Publicidade Editora Draco]

Quando se está perdido dentro de si mesmo, como encontrar a saída? O Muito Além das Aspas, através da parceria com a Editora Draco apresenta para vocês um pouco sobre Encruzilhada, livro de Lúcio Manfredi.


Encruzilhada é um romance de suspense de Lúcio Manfredi, autor roteirista da TV Globo. Em uma mistura de ficção científica e horror, de mecânica quântica com umbanda, a trama se desenrola entre reflexões filosóficas e a busca da identidade. Quando devemos percorrer o labirinto de nossas próprias mentes, só resta o temor de ficarmos presos para sempre fora da realidade.

O Autor

Lúcio Manfredi nasceu em São Paulo, em 1970, e vive no Rio de Janeiro desde 2001. É escritor e roteirista da TV Globo, com contos publicados nas antologias Intempol (2001), Histórias do Olhar (2002), Como Era Gostosa a Minha Alienígena (2002), Vinte Voltas ao Redor do Sol (2005), Dez Contos de Terror (2009), Galeria do Sobrenatural (2009) e na coletânea Paradigmas 3 (2009). Em 2010, publicou seu primeiro romance, Dom Casmurro e os Discos Voadores.

O Livro

O Livro no site da Amazon
Título: Encruzilhada. (Link para o livro no Skoob)
Autor: Lúcio Manfredi.
Edição: 1º - 2015.
Editora: Draco
ISBN-13: 9788582430644

Sinopse :  Max é apenas um matador profissional em vias de se aposentar. Mas ao recusar o que deveria ser seu último trabalho, acaba se transformando em alvo. Fugindo de seus perseguidores, refugia-se numa casa aparentemente abandonada, onde se depara com acontecimentos misteriosos e estranhos fenômenos. Portas que levam a cômodos que levam a novas portas e cômodos que não parecem interligados. Talvez a casa seja uma encruzilhada entre diferentes planos de realidade. Ou talvez tudo não passe de uma alucinação e Max tenha simplesmente enlouquecido. Mas alucinações não andam armadas e ele precisa lutar por sua própria vida enquanto tenta desvendar o mistério da casa.

E para mim, como foi ler "Encruzilhada"?

Três foram os motivos que me interessaram a ler este livro:

1 – Eu o julguei pela capa, e a sinopse fez o resto do trabalho: Achei uma arte de Erick Sama muito bem aplicada a obra, formando um labirinto com as palavras que compõe o título.

2 – Universos paralelos – Meu fascínio;

3 – Curiosidade em conhecer os trabalhos da editora que adquirimos parceria recentemente – Editora Draco – conciliado ao fato de que seu acervo está disponível para assinantes do serviço de Streaming da Amazon – Kindle Unlimeted.

Vamos ao que interessa?

O livro Encruzilhada aborda um dos temas que mais me atraem: universos paralelos e suas possibilidades. Porém Lúcio Mandredi utiliza de premissas da umbanda como eixo de apoio aos fatos narrados, algo ao qual nunca tinha encontrado igual. Como assim? A base desses universos paralelos são as possibilidades de passado, presente e futuro de Max que supostamente se torna refém de sua própria mente, graças a uma intervenção de uma entidade.

No começo acompanhamos Max em uma tentativa de fuga. Para escapar de seus perseguidores, Max utiliza suas técnicas de matador profissional e se esconde sorrateiramente em uma casa que aparenta estar vazia.

À medida que o tempo passa dentro da casa, Max entra em contato com situações e objetos que o fazem questionar inclusive sua própria identidade. Presente, passado e futuro se intercalam numa intensidade que te faz questionar o que é real, o que é sonho. E a cada tentativa de escapar desta casa, ele se vê transformado em outra pessoa, localizada em outro espaço, em outro tempo. Agora não é apenas com o presente, passado e futuro do Max matador que ele tem de lidar, mas dele como outra pessoa, como outras pessoas. E também com o deslocamento no espaço-tempo de outros personagens ao seu redor. Para piorar as coisas, o clima de terror aumenta, chegando ao nível do insuportável para ele.

Fica difícil destacar uma cena sem dar spoilers, mas a característica atemporal da narração, que te joga do presente para o passado e do nada estamos em um futuro alternativo é algo que apreciei bastante. Também quero destacar a forma como ele explora as faces do agente causador de todas as situações do enredo, que é o Orixá Exu Caveira( o que me deixa curioso com relação a sinopse, pois, da forma como essa divindade é abordada na trama, se assemelha mais com os preceitos do Candomblé do que da Umbanda).

Com relação a caracterização dos personagens, destaque para a ótima construção do drama vivido pelo personagem principal e as formas como ele reconhece e encara seus desafios. O autor nos apresenta diversas faces de um suposto mesmo "Max", e é isso que te faz se questionar e querer saber, quem é Max e porque isso está acontecendo com ele?


O texto é bem construído e prazeroso de se ler, mesmo possuindo uma escrita um pouco rebuscada demais – nada que desmereça a obra. Vendo o lado positivo deste ponto, consegui agregar várias novas palavras e algumas expressões ao meu acervo lexical (usando também um cabal linguístico mais rebuscado, só para zoar um pouco, rsrsr). Metáforas estranhas e vulgares. Objetos inanimados, como uma vassoura, tornam-se personagens. Outra grande característica marcante da narrativa é a não linearidade, o texto fragmentado.

Encruzilhada é um bom livro, mesmo com suas peculiaridades, mas no geral uma obra muito boa de se apreciar. Mesmo com alguns defeitos com relação ao meu gosto literário em particular, tenho que assumir que o livro possui uma característica importante para uma boa obra literária: ele é difícil de largar, você não quer, você precisar ler um capitulo atrás do outro pela simples necessidade de satisfazer a sua curiosidade. Então méritos para Lucio Manfredi neste quesito!

E aí, gostou? Dá um curtir, comente e compartilhe com seus amigos!!! Até a próxima!!!

Fontes: https://www.skoob.com.br/encruzilhada-433607ed491259.html
Base do Texto – Sinopse do livro mais resumo e comentários pessoais e de alguns usuários do skoob.
Imagens: Obtidas através de pesquisas do Google. Todos os direitos reservados aos seus autores!

Nenhum comentário:

Postar um comentário