Postagem em destaque

Muito Além... de Um Conto [Neblina da Noite - Luís Fernando Pinheiro]

O que parecia ser uma simples noite de trabalho, torna-se um pesadelo para um maquinista, que após partir com destino a última estação, e...

Translate

sábado, 13 de fevereiro de 2016

Muito Além... Do Ano do Macaco de Fogo [ Ano Novo Chinês na Liberdade]

Sempre fui muito curioso com relação ao ano novo Chinês, e esse ano tive a oportunidade de visitar o desfile de ano novo no Bairro da Liberdade - São Paulo/SP. As festividades estão ocorrendo neste sábado(13/02) e domingo(14/02/2016). Confira, aqui conosco, como foi a nossa visita ao evento e algumas curiosidades sobre o Ano Novo Chinês.




O Ano-Novo Chinês é uma referência à data de comemoração do ano novo adotadas por diversas nações do oriente que seguem um calendário tradicional distinto do ocidental, o calendário chinês. As diferenças entre os dois calendários fazem com que a data de início de cada Ano-Novo Chinês caia a cada ano em uma data diferente do calendário ocidental.

O calendário chinês é lunissolar, tem em consideração tanto as fases da lua como a posição do sol. O ano-novo chinês começa na noite da lua nova mais próxima do dia em que o sol passa pelo décimo quinto grau de Aquário.

Um pouco de história!

Os chineses relacionam cada novo ano a um dos doze animais que teriam atendido ao chamado de Buda para uma reunião. Apenas doze teriam se apresentado e Buda, em agradecimento, os transformou nos signos da Astrologia chinesa.

Os doze animais do Horóscopo chinês a que correspondem os anos chineses são, de acordo com a ordem que teriam se apresentado a Buda na lenda acima citada: rato, búfalo/boi, tigre, coelho, dragão, serpente/cobra, cavalo, carneiro/cabra, macaco, galo, cachorro/cão e o javali/porco.

Desta forma, se 2015 foi o ano da Cabra, 2016 é atribuído ao Macaco e assim por diante.


O Muito Além no Ano Novo Chinês do Bairro da Liberdade





O evento explora vários aspectos da cultura chinesa e suas belas expressões artísticas e culturais. 


Durante os dias de festa são apresentadas várias atrações no palco como mostras de Kung Fu, de pintura e música chinesas, a tradicional Dança dos Leões, desfile de roupas típicas, entre muitas outras. O Climax do nosso passeio ficou na tentativa, alias com exito (rs), de tocar o dragão durante sua passagem. 





Acredita-se que os dragões trazem boa sorte as pessoas, que é refletida em suas qualidades que incluem o poder, a dignidade, a fertilidade, a sabedoria e o bom augúrio .


Abaixo compartilho com vocês um pouco do que pude apreciar da Dança do Dragão.





Além disso, no palco, localizado na Praça da Liberdade, há programação repleta de atividades culturais como: danças tipicas, apresentações artísticas, artes marciais.

Parte das Rua Galvão Bueno e a Rua da Glória possuem várias barracas oferecendo um pouco da diferenciada gastronomia chinesa, como tempura de repolho, couve-flor e camarão, Harumaki, o famoso bolinho primavera com recheio de carne e vegetais, e Dorayaki ou Imagawayaki, doce com recheio de feijão Azuki ou creme de baunilha, originário do Japão.

E aí, gostou? Dá um curtir, comente e compartilhe com seus amigos!!! Até a próxima!!!

Fontes: https://pt.wikipedia.org/wiki/Ano-novo_chin%C3%AAs
Imagens: Arquivo Pessoal + Imagens obtidas atraves de pesquisa na internet. Todos os seus direitos reservados aos seus respectivos autores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário